20/12/2014

Programa HPH

Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com PRESENÇA ESPECIAL de Artur, Augusto, Amanda e Emilia. Para uma conversa da minha família para a família dos ouvintes da Rádio Valinhos. 
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre a importância dos antepassados e da relação do ser humano com a terra.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música Suspicious minds (Elvis Presley), você pode assistir a tradução da música clicando aqui.
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música The unforgiven II (Metallica), clique aqui para acessar a tradução, um pouco de conversa e depois a música Chop Suey! (System Of A Down), você pode assistir a tradução clicando aqui.
Encerramos o programa com o texto Duvide, de Augusto Cury: “Não duvide do valor da vida, da paz, do amor, do prazer de viver, em fim, de tudo que faz a vida florescer. Mas duvide de tudo que a compromete. Duvide do controle que a miséria, ansiedade, egoísmo, intolerância e irritabilidade exercem sobre você. Use a dúvida como ferramenta para fazer uma higiene no delicado palco da sua mente com o mesmo empenho com que você faz higiene bucal.”.

Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte e 2ª Parte.

Depois de 17.504 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!

Até sábado que vem...

19/12/2014

Duvide...

Vamos fazer uma viagem do EU AO NÓS, por meio do texto de Augusto Cury:


Não duvide do valor da vida,
da paz,
do amor,
do prazer de viver,
em fim, de tudo que faz a vida florescer.

Mas duvide de tudo que a compromete.
Duvide do controle que a miséria,
ansiedade,
egoísmo,
intolerância e
irritabilidade
exercem sobre você.

Use a dúvida
como ferramenta
para fazer uma higiene
no delicado palco da sua mente
com o mesmo empenho
com que você faz higiene bucal.

13/12/2014

Programa HPH

Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com a música Mother Nature's Son (The Beatles), com PRESENÇA ESPECIAL de Paul Schwabe.  
DE PAIS PARA PAIS
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre a permanência por longa permanência em casa, pelas mais diversas motivos, encontramos uma motivação para viver de um modo diferente, mas mantendo relacionamento com os animais, plantas, revista, livros, computador, televisão, rádio e mídias sociais.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música Working on the Building (Elvis Presley).
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música Gimme Shelter (The Rolling Stone)
Encerramos o programa com a mensagem Que eu não perca, de Chico Xavier: “Que eu não perca a vontade de ser GRANDE, mesmo sabendo que o mundo é pequeno... E acima de tudo... Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois.... a vida é construída nos sonhos e concretizada no amor!”.
Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte, 2ª Parte e 3ª Parte.

Depois de 17.497 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...

12/12/2014

Que eu não perca...

Vamos fazer uma viagem do EU AO NÓS, por meio do texto de Chico Xavier:



Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO, mesmo eu sabendo que as rosas não falam. 

Que eu não perca o OTIMISMO, mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre.

Que eu não perca a vontade de VIVER, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa...

Que eu não perca a vontade de ter grandes AMIGOS, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...

Que eu não perca a vontade de AJUDAR as pessoas, mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda.

Que eu não perca o EQUILÍBRIO, mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia.

Que eu não perca a VONTADE de amar, mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim...

Que eu não perca a LUZ e o BRILHO no olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo, escurecerão meus olhos...

Que eu não perca a GARRA, mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos.

Que eu não perca a RAZÃO, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas.

Que eu não perca o sentimento de JUSTIÇA, mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu.

Que eu não perca o meu forte ABRAÇO, mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos...

Que eu não perca a BELEZA e a ALEGRIA de ver, mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...

Que eu não perca o AMOR por minha família, mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia.

Que eu não perca a vontade de doar este enorme AMOR que existe em meu coração, mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado.

Que eu não perca a vontade de ser GRANDE, mesmo sabendo que o mundo é pequeno... E acima de tudo...

Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois.... a vida é construída nos sonhos e concretizada no amor!

06/12/2014

Programa HPH


Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com a música The seeker (The Who), com PRESENÇA ESPECIAL de rangapeiros da Pista Rangap Trails. Que estiveram no Programa HPH em 27/09/2014, para conversar sobre BMX Dirt Jump, se desejar poderá ouvir a gravação do programa em Áudio ou pelo TwitCasting nos links abaixo: 1ª Parte e 2ª Parte.
Durante o programa comentei e publique no Facebook da Rádio Valinhos o vídeo da pista de Moos e da dancinha para preparar a massa.
O Projeto de Lei, de autoria do Vereador Rodrigo Fagnani Popó, foi convertido em na Lei para denominar a Pista "Rangap Trails" de BMX Dirt Jump de Valinhos.


No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre o que vem depois da realização do sonho. O ser humano quer progredir. A realização de um sonho é o começo de outro sonho. Eu sonhei ser médica, mas no primeiro dia de aula vi nos olhos dos meus alunos que nasci para ser educador.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música Talk abaut the good times (Elvis Presley).
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música The devil in stitches (Bad Religion).
Encerramos o programa com a mensagem do piloto Ayrton Senna, extraído do documentário: Uma estrela chamada Ayrton Senna. Essa frase que o ele nos deixou pouco antes de morrer, em San Marino no ano de 1994, gera a motivação para aqueles que já não têm mais esperanças de um futuro promissor nesta vida.
Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte e 2ª Parte.

Depois de 17.490 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...

05/12/2014

Persistência e Fé

Vamos fazer uma viagem do EU AO NÓS por meio da mensagem do piloto Ayrton Senna, extraído do documentário: Uma estrela chamada Ayrton Senna. Essa frase que o Ayrton Senna deixou pouco antes de morrer, em San Marino no ano de 1994, gera a motivação para aqueles que já não têm mais esperanças de um futuro promissor nesta vida.


28/11/2014

Valor da vida

Vamos fazer uma viagem do EU ao NÓS, por meio do texto de William Shakespeare: 


Aprende que com a mesma severidade com que julga,
você será em algum momento condenado.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
E você aprende que realmente pode suportar... 
que realmente é forte,
e que pode ir muito mais longe
depois de pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor
e que você tem valor diante da vida.

22/11/2014

Programa HPH

Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com a música What wonderful world (Louis Armstrong), com PRESENÇA ESPECIAL de Flavio Solder.  
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre mudança do campo para a cidade. O ser humano se afastou da terra em razão da aparência. Viver a terra e saborear a vida em toda a sua plenitude.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música That's What You Get For Lovin' Me (Elvis Presley).
Recebemos, também, a presença da Vera Fritz, presidente do CMDI Valinhos, para tratar da palestra que ire ministrar na sexta-feira (28/11/14, as 8h30, na Casa dos Conselhos)
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música How can I go on (Freddie Mercury e Monteserrat Caballe).
Encerramos o programa com o texto Ciclo da vida, autor desconhecido: “Quem nunca mudou com o tempo? Aos poucos você vai deixando de escutar certas músicas, de usar certas roupas, de falar com certas pessoas. Mudar faz parte do ciclo da vida, embora a essência seja sempre a mesma. Quando encontrar um obstáculo grande na vida, não desanime ao passar, pois com o tempo ele se tornará pequeno. Não porque diminuiu, mas porque você cresceu.".
Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte e 2ª Parte.
Depois de 17.476 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...

21/11/2014

Ciclo da Vida

Vamos fazer uma viagem do EU AO NÓS, por meio do texto “Ciclo da vida”, autor desconhecido: 


Quem nunca mudou com o tempo?
 Aos poucos você vai deixando
de escutar certas músicas,
de usar certas roupas,
de falar com certas pessoas.

Mudar faz parte do ciclo da vida,
embora a essência seja sempre a mesma.

Quando encontrar um obstáculo grande na vida,
não desanime ao passar,
pois com o tempo ele se tornará pequeno.

Não porque diminuiu,
mas porque você cresceu.

08/11/2014

Programa HPH

Começamos o programa "Humanos, perfeitamente humanos!” com a música Hourglass (Rodrigo Amarante), com PRESENÇA ESPECIAL de Martha Romano.
Antes do retorno do apoio cultura comentei sobre as Bonecas ABAYOMI, que tem dois significados: "Encontro Precioso" ou "Ofereço o melhor que eu tenho em mim", clique aqui para assistir o vídeo.
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre as diferença é que nos faz crescer. Em tudo há divisão. O Brasil é um país rico, grande e forte por ser extremo. Quando se acomoda surge o racismo. Amar é se preocupar.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música I swear (Elvis Presley).
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música Seja como for (Banda do Mar).
Encerramos o programa com o poema Se, do Professor Hermógenes: “Se, ao fim de meus dias, continuar sem escutar, sem entender, sem atender, sem realizar o Cristo, que, dentro de mim, eu Sou, terei me perdido na multidão abortada dos perdulários dos divinos talentos, os talentos que a Vida a todos confia, e serei um fraco a mais, um traidor da própria vida, da Vida que investe em mim, que de mim espera e que se vê frustrada diante de meu fim. Se tudo isto acontecer terei parasitado a Vida e inutilmente ocupado o tempo e o espaço de Deus. Terei meramente sido vencido pelo fim, sem ter atingido a Meta.”. Se desejar poderá assistir o vídeo do poema, clicando aqui.
Segue a indicação de leitura do escritor moçambicano Mia Couto: Terra sonâmbula.

Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte e 2ª Parte.

Depois de 17.462 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...

07/11/2014

Se...

Vamos fazer uma viagem do EU AO NÓS por meio do poema "SE", do Professor Hermógenes:


Se, ao final desta existência,
Alguma ansiedade me restar
E conseguir me perturbar;

Se eu me debater aflito
No conflito, na discórdia…

Se ainda ocultar verdades
Para ocultar-me,
Para ofuscar-me com fantasias por mim criadas…

Se restar abatimento e revolta
Pelo que não consegui
Possuir, fazer, dizer e mesmo ser…

Se eu retiver um pouco mais
Do pouco que é necessário
E persistir indiferente ao grande pranto do mundo…

Se seguir protestando
Reclamando, contestando,
Exigindo que o mundo mude
Sem qualquer esforço para mudar eu…

Se, indigente da incondicional alegria interior,
Em queixas, ais e lamúrias,
Persistir e buscar consolo, conforto, simpatia
Para a minha ainda imperiosa angústia…

Se, ainda incapaz
para a beatitude das almas santas,
precisar dos prazeres medíocres que o mundo vende…

Se insistir ainda que o mundo silencie
Para que possa embeber-me de silêncio,
Sem saber realizá-lo em mim…

Se minha fortaleza e segurança
São ainda construídas com os materiais
Grosseiros e frágeis
Que o mundo empresta,
E eu neles ainda acredito…

Se, imprudente e cegamente,
Continuar desejando
Adquirir,
Multiplicar,
E reter
Valores, coisas, pessoas, posições, ideologias,
Na ânsia de ser feliz…

Se, ainda presa do grande embuste,
Insistir e persistir iludido
Com a importância que me dou…

Se, ao fim de meus dias,
Continuar
Sem escutar, sem entender, sem atender,
Sem realizar o Cristo, que,
Dentro de mim,
Eu Sou,

Terei me perdido na multidão abortada
Dos perdulários dos divinos talentos,
Os talentos que a Vida
A todos confia,
E serei um fraco a mais,
Um traidor da própria vida,
Da Vida que investe em mim,
Que de mim espera
E que se vê frustrada
Diante de meu fim.


Se tudo isto acontecer
Terei parasitado a Vida
E inutilmente ocupado
O tempo
E o espaço
De Deus.
Terei meramente sido vencido
Pelo fim,
Sem ter atingido a Meta.

01/11/2014

Programa HPH

Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com a música Pra sempre (CPM22), com a presença especial do pessoal responsável pelo Projeto Skatepark Valinhos.
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre importância do diálogo entre pais e professores. O diálogo faz parte da educação. É a educação. O diálogo sadio é aquele que conta a sua história. A força do exemplo. Educar é o diálogo e depois o exemplo.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música Good times Charlie's got the blues (Elvis Presley).
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música Céu azul (Charlie Brown).
Encerramos o programa com o texto Enlace, de Victor Hugo: “A vida não passa de uma oportunidade de encontro; só depois da morte se dá a junção; os corpos apenas têm o abraço, as almas têm o enlace.”.
Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte, 2ª Parte, 3ª Parte e 4ª Parte.

Depois de 17.455 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...

31/10/2014

Enlace...

Vamos fazer uma viagem do EU AO NÓS, por meio do texto Enlace de Victor Hugo:


A vida não passa
de uma oportunidade de encontro;
só depois da morte
se dá a junção;
os corpos apenas têm o abraço,
as almas têm o enlace.

26/10/2014

Programa HPH

Começamos o programa Humanos, perfeitamente humanos! com a música Retrato em Branco e Preto (João Gilberto e Stan Getz), com a presença especial da Diretoria Executiva eleita, para o biênio 2014/2016, do Fotoclube Valinhos.
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre história do Zé Fogueteiro, único fotógrafo da cidade de Cerqueira Cesar, lembro muito bem da minha primeira foto. Quando você vê uma foto você se transporte para aquele momento, no instante em foi tirada. Momentos do cotidiano e do ambiente que nos cerca.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música My way (Elvis Presley). Comentamos sobre outras bandas e música com o mesmo tema, tais como: The Sex Pistols (My way), Ramones (See my way) e Camisa de Vênus (My way). Destaquei, ainda, a música do Camisa de Vênus Bota pra fuder.
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música The Earth Tribe (Nando Lauria). Houve comentário sobre a banda Dread Zeppelin (Kashmir) e a banda Orphaned Land (All is one).
Encerramos o programa com o fragmentos de texto do documentário Close UP Fotógrafos em Ação, de Rebecca Dreyfus: “O grande poder da fotografia é que nos dá a base para encontrar um lugar comum com pessoas e eventos com que nunca teríamos nos conectado. Uma foto pode conter muito mais do que um instantâneo. Há uma vida toda. Fotos e câmeras são instrumentos. Dependendo de quem segura a câmera e o que fazem com ela, isso é arte.”.
Você pode entrar em contatos com o Fotoclube Valinhos, pelo Facebook ou pelo e-mail. E se quiser conhecer mais do trabalho da Thamyris pode acessar os 2Salgueiros Fotografia.
Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte e 2ª Parte.
Depois de 17.448 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!

Até sábado que vem...

25/10/2014

Em ação...

Vamos fazer uma viagem do com fragmentos de textos do documentário Close P Fotógrafos em Ação, de Rebecca Dreyfus:


O grande poder da fotografia
é que nos dá a base
para encontrar um lugar comum
com pessoas e eventos
com os quais não teríamos contato.

A fotografia é importante
porque dá informações sobre o mundo,
mas, na verdade,
são informações filtradas
pela lente e pela visão de um artista.

A fotografia é um espelho seu
e, se virá-la, verá o mundo ao seu redor.

É muito acessível.
Todos sabem ler uma foto
faz parte da nossa cultura.

Uma foto pode conter
muito mais do que um momento.
Há toda uma vida.

Fotos e câmeras
são instrumentos.
 Dependendo de quem segura
a câmera
e o que fazem com ela,
surge a ARTE. 

18/10/2014

Programa HPH

Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com a música Metamorfose Ambulante (Raul Seixas), com a presença especial do artista Fábio Vieira.
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre o gosto pela arte e a formação educacional experimental, aprender sempre com os seus próprios métodos. Há escolhas e desafios a serem vividos e vencidos. Devemos assumir nossa responsabilidade. Nunca seguir regras, fazia aquilo que os meus alunos precisavam. Enfrentei muitos problemas, mas enfrentei e provei que o meu método dava certo, pois provia todos os alunos. Como se educa? Nunca proíba, explique. Você deve ver quem é seu filho, cada criança trás um chipzinho, aprender a dizer não, não querer pro seu filho aquilo que você não teve.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música In the ghetto, (Elvis Presley). Você, também, pode ouvir a tradução da música.
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música A lógica da criação (Oswaldo Montenegro). E conversamos sobre o limite da ação e desejando você pode entrar em contato para adquirir os trabalhos do Fábio Vieira pelo telefone 3929-6569 , ou pelo e-mail pretoinbranco@hotmail.com, ou pelo Facebook, onde você pode conhecer mais sobre o arte dele.
Encerramos o programa com o texto SONHO, de Fernando Pessoa: “Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho. Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for. Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca. Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Se perder um amor, não se perca! Se achá-lo, segure-o!
Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte2ª Parte ou 3ª Parte

Depois de 17.441 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...



17/10/2014

Sonho...

Vamos fazer uma viagem do EU AO NÓS, por meio do texto de Fernando Pessoa:


Persiga um sonho,
mas não deixe ele viver sozinho.
Descubra-se todos os dias,
deixe-se levar pelas vontades,
mas não enlouqueça por elas.

Procure,
sempre procure o fim de uma história,
seja ela qual for.

Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.
Acelere seus pensamentos,
mas não permita que eles te consumam.

Olhe para o lado,
alguém precisa de você.

Abasteça seu coração de fé,
não a perca nunca.

Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.
Procure os seus caminhos,
mas não magoe ninguém nessa procura.

Arrependa-se,
volte atrás,
peça perdão!

Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar,
volte!
Se perceber que precisa seguir,
siga!
Se estiver tudo errado,
comece novamente.
Se estiver tudo certo,
continue.
Se sentir saudades,
mate-a.
Se perder um amor,
não se perca!
Se achá-lo,
segure-o!

11/10/2014

Programa HPH

Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com a música Cinnabar (Isan), música escolhida pelo Rodrigo Busnardo, presença especial do Programa HPH.
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre o belo e a arte, que sempre permearam a relações familiares. Aprendendo a criar. Os pais devem permitir aos filhos ter liberdade para criar. Devemos orientar e não tirar. É necessário ensinar a usar as ferramentas que estão a nossa disposição. Liberdade com conhecimento.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música You gave me a mountain (Elvis).
Começamos o terceiro bloco do programa tocando a música Bethe Bethe Kese Kese (Gaudi e Nusrat Fateh Ali Khan).
Encerramos o programa com frase de Mahatma Gandhi: “Vejo que, em meio à morte, persiste a vida; em meio à mentira, persiste a verdade; em meio às trevas, persiste a luz. Daí deduzo que Deus é vida, verdade, luz. É amor.”.

Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte, 2ª Parte e 3ª Parte.

Após 17.406 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...

10/10/2014

Deus é...

Vamos fazer uma viagem do "EU AO NÓS", por meio da frase de Mahatma Gandhi:


Vejo que,
em meio à morte,
persiste a vida;
em meio à perda,
persiste a verdade;
em meio às trevas,
persiste a luz.
Daí deduzo
que Deus é vida,
verdade e luz.
É amor.



04/10/2014

Programa HPH

Começamos o programa “Humanos, perfeitamente humanos!” com a música Pichadores de Gravata (Os Valetes).
Os integrantes Buli (baterista) e Zeca (contrabaixo) da banda “Os Valetes”, foram a presença especial, eles tocam POP/ROCK, com influências no Rock Nacional dos Anos 70 e 80, formada em 2009, na cidade de Vinhedo.
No Bloco de Pais para Pais, com a minha mãe, conversamos sobre Fuscas, e suas histórias, e a importância da educação na construção do sonhos e valorização das qualidades dos vencedores.
Encerramos o bloco celebramos a gratidão pela vida com a música Don’t think twice it’s all right (Elvis Presley).
Os ganhadores do CD "Antes que o mundo acabe", segundo trabalho de Os Valetes: Fernando Brocchi, Susana e Thiago Laurino.


No terceiro bloco do programa tocando a música A estrada é minha lei (Os Valetes). 
Encerramos o programa com trechos do texto As escolhas de uma vida, de Martha Medeiros: “Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção, estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar "minha vida". Não é tarefa fácil. Por isso é tão importante o autoconhecimento. Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. A estrada é longa e o tempo é curto. Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as consequências destas ações. Lembrem-se: A escolha é sua...”.
Contatos para com Os Valetes: pelo e-mail; pelos telefones: 19 99172-9940 (Buli), 11 99716-0513 (Ricardo) e 19 98188-8911 (Zeca); pelo Facebook; pelo Myscape; e pelo YouTube

Você tem uma segunda oportunidade para ouvir o Programa HPH, com sua reapresentação aos domingos das 15h00 as 16h00. Mas se quiser poderá ouvir o Programa HPH de hoje clicando aqui, ou assistir a Transmissão online (vídeo e áudio), clicando na 1ª Parte e na 2ª Parte.

Depois de 17.427 dias de vida: Grato por este agora, um bom caminho e fique bem!
Até sábado que vem...